Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Portaria 1030/97, de 29 de Setembro

Partilhar:

Sumário

Altera a Portaria nº 733/93, de 13 de Agosto que estabelece as normas mínimas de protecção dos vitelos alojados para efeitos de criação e de engorda.

Texto do documento

Portaria 1030/97
de 29 de Setembro
A harmonização das normas relativas às condições de criação de vitelos, no âmbito da organização comum dos mercados, é necessária para garantir um desenvolvimento racional da produção em condições de concorrência uniformizada.

É um facto cientificamente reconhecido que os vitelos em exploração intensiva devem beneficiar de condições ambientais que correspondam às necessidades da espécie.

Os vitelos alojados em grupo ou em compartimentos individuais devem dispor de espaço suficiente para poderem manifestar os seus comportamentos e, deste modo, salvaguardarem-se os aspectos de bem-estar deste grupo de animais.

Assim, a experiência entretanto adquirida aconselha algumas modificações no diploma, importando ainda harmonizar a Directiva n.º 97/2/CE , do Conselho, de 20 de Janeiro;:

Manda o Governo, pelo Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, ao abrigo do artigo 2.º do Decreto-Lei 270/93, de 4 de Agosto, o seguinte:

Os n.os 3.º e 5.º da Portaria 733/93, de 13 de Agosto, são alterados do seguinte modo:

«3.º - 1 - ...
a) ...
b) ...
2 - ...
3 - A partir de 1 de Janeiro de 1998, todas as explorações novas ou reconstruídas, bem como as utilizadas pela primeira vez após esta data, exceptuando as explorações com menos de seis vitelos e os vitelos que permanecem com as mães para aleitamento, devem satisfazer as seguintes exigências:

a) Nenhum vitelo com mais de oito semanas de idade pode ser confinado num compartimento individual, a menos que um médico veterinário tenha determinado que deve ser isolado quer por razões de saúde ou de comportamento, quer para efeitos de tratamento;

b) A largura do compartimento individual deve ser pelo menos igual à altura do vitelo no garrote, medida com o vitelo de pé, devendo o comprimento ser, pelo menos, igual ao comprimento do corpo do vitelo, medido da ponta do nariz até à extremidade caudal do tuber ischii (osso ilíaco), multiplicado por 1,1;

c) Cada compartimento individual para vitelos não deve ter paredes sólidas, mas sim divisórias perfuradas que permitam o contacto visual e táctil directo entre vitelos, excepto o dos destinados ao isolamento dos animais doentes;

d) Relativamente aos vitelos criados em grupo, o espaço livre individual disponível para cada vitelo deve estar de acordo com os valores indicados no quadro seguinte:

(ver documento original)
4 - A partir de 30 de Dezembro de 2006, as disposições acima previstas serão aplicáveis a todas as explorações.

5 - (Redacção do anterior n.º 4.)
5.º - 1 - ...
2 - O requerimento para emissão da licença de funcionamento dos alojamentos deve ser instruído com os seguintes documentos:

a) Requerimento, em folha A4, dirigido ao director-geral de Veterinária, identificando devidamente o requerente e o solicitado;

b) Licença de construção passada pela câmara municipal da área do alojamento;
c) Planta de piso;
d) Cortes e alçados;
e) Plantas das redes eléctrica, de águas e de esgotos;
f) Memória descritiva.
3 - (Redacção do anterior n.º 2.)»
2.º
Todas as referências à ex-Direcção-Geral da Pecuária e ao ex-Instituto de Protecção da Produção Agro-Alimentar feitas na Portaria 733/93, de 13 de Agosto, consideram-se feitas à Direcção-Geral de Veterinária.

Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e Pescas.
Assinada em 3 de Setembro de 1997.
Pelo Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Luís Manuel Capoulas Santos, Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural.

Anexos

  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/86326.dre.pdf .

Ligações deste documento

Este documento liga aos seguintes documentos (apenas ligações para documentos da Serie I do DR):

  • Tem documento Em vigor 1993-08-04 - Decreto-Lei 270/93 - Ministério da Agricultura

    TRANSPÕE PARA O DIREITO INTERNO A DIRECTIVA 91/629/CEE (EUR-Lex), DO CONSELHO, DE 19 DE NOVEMBRO, RELATIVA AS NORMAS MINIMAS DE PROTECÇÃO DE VITELOS DE CRIAÇÃO E ENGORDA.

  • Tem documento Em vigor 1993-08-13 - Portaria 733/93 - Ministério da Agricultura

    ESTABELECE AS NORMAS MINIMAS DE PROTECÇÃO DOS VITELOS ALOJADOS PARA EFEITOS DE CRIAÇÃO E ENGORDA. DEFINE AS CONDICOES DE ALOJAMENTO, ACOMODAÇÃO E CUIDADOS A TER COM OS ANIMAIS, AS QUAIS SAO PUBLICADAS EM ANEXO.

Ligações para este documento

Este documento é referido nos seguintes documentos (apenas ligações a partir de documentos da Série I do DR):

  • Tem documento Em vigor 2000-11-20 - Portaria 1101/2000 - Ministério do Equipamento Social

    Aprova a relação das disposições legais a observar pelos técnicos responsáveis dos projectos de obras e sua execução, prevista no artigo 123º do Decreto-Lei nº 555/99 de 16 de Dezembro (regime jurídico da urbanização e edificação). A presente relação, feita com referência a 31 de Dezembro de 1999, será anualmente actualizada.

  • Tem documento Em vigor 2003-01-20 - Portaria 69/2003 - Ministérios das Obras Públicas, Transportes e Habitação e das Cidades, Ordenamento do Território e Ambiente

    Actualiza a relação das disposições legais e regulamentares a observar pelos técnicos responsáveis dos projectos de obras e sua execução.

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda