Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Decreto-lei 140/88, de 22 de Abril

Partilhar:

Sumário

Estabelece contingentes pautais de direito nulo para alguns produtos industriais.

Texto do documento

Decreto-Lei 140/88
de 22 de Abril
Tendo em vista assegurar à indústria nacional utilizadora melhores condições de aprovisionamento, sem que daí resultem prejuízos para a produtora, foram instituídos, nos anos de 1986 e 1987, contingentes pautais de direito nulo, face à Comunidade e à EFTA, para um conjunto de matérias-primas e produtos intermédios, com especial importância no abastecimento de sectores industriais a jusante, relativamente aos quais a produção nacional não reunia ainda as melhores condições de fornecimento.

Não obstante as reduções tarifárias resultantes do disposto no Acto de Adesão de Portugal às Comunidades, a situação actual da indústria nacional aconselha que seja mantido em 1988 o sistema de contingentes de direito nulo em moldes idênticos ao já instituído.

Assim:
No uso da autorização conferida pela alínea a) do artigo 32.º da Lei 2/88, de 26 de Janeiro, o Governo decreta, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 201.º da Constituição, o seguinte:

Artigo 1.º - 1 - É suspensa a cobrança da totalidade dos direitos de importação aplicáveis às mercadorias constantes do anexo ao presente diploma, quando estejam nas condições previstas nos artigos 9.º e 10.º do Tratado que institui a CEE , ou quando originárias da EFTA, durante o ano de 1988, com os limites de contingentes pautais referidos naquele anexo.

2 - O disposto no número anterior é igualmente aplicável, nos termos dos protocolos de adaptação, aos produtos originários dos países com os quais a Comunidade Económica Europeia concluiu acordos preferenciais.

Art. 2.º A admissão, a atribuição e o modo de gestão dos contingentes referidos no n.º 1 do artigo 1.º serão definidos por portaria conjunta dos Ministros das Finanças, da Indústria e Energia e do Comércio e Turismo.

Art.º 3.º O disposto no presente diploma produz efeitos desde 1 de Janeiro de 1988.

Visto e aprovado em Conselho de Ministros de 17 de Março de 1988. - Aníbal António Cavaco Silva - Miguel José Ribeiro Cadilhe - Luís Fernando Mira Amaral - Joaquim Martins Ferreira do Amaral.

Promulgado na Guarda em 30 de Março de 1988.
Publique-se.
O Presidente da República, MÁRIO SOARES.
Referendado em 5 de Abril de 1988.
O Primeiro-Ministro, Aníbal António Cavaco Silva.

ANEXO
Lista a que ao refere o n.º 1 do artigo 1.º
(ver documento original)

Anexos

  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/54230.dre.pdf .

Ligações deste documento

Este documento liga ao seguinte documento (apenas ligações para documentos da Serie I do DR):

Ligações para este documento

Este documento é referido nos seguintes documentos (apenas ligações a partir de documentos da Série I do DR):

  • Tem documento Em vigor 1988-05-26 - Portaria 333/88 - Ministérios das Finanças, da Indústria e Energia e do Comércio e Turismo

    REGULAMENTA A ADMISSÃO E O MODO DE GESTÃO DOS CONTINGENTES PAUTAIS DE DIREITO NULO.

  • Tem documento Em vigor 1988-10-25 - Decreto-Lei 380/88 - Ministério das Finanças

    Cria um contingente de direito nulo para o polipropileno destinado à indústria automóvel .

  • Tem documento Em vigor 1989-04-11 - Portaria 266/89 - Ministérios das Finanças e da Indústria e Energia

    Procede à redistribuição dos montantes disponíveis às empresas que se candidataram aos contingentes pautais de direito nulo.

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda