Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Decreto-lei 218/87, de 29 de Maio

Partilhar:

Sumário

Estabelece normas relativas ao processo de expropriações no âmbito da ampliação do Aeroporto de Porto Santo (Madeira).

Texto do documento

Decreto-Lei 218/87
de 29 de Maio
Pelo Decreto-Lei 137/86, de 12 de Junho, as atribuições conferidas ao Gabinete do Aeroporto de Santa Catarina e a competência definida para os seus órgãos, nos termos do Decreto-Lei 221/81, de 17 de Julho, foram alargadas às obras de ampliação do Aeroporto de Porto Santo, a realizar tendo em vista a melhoria das condições de utilização deste Aeroporto pela aviação comercial, pelo que aquele Gabinete passou a designar-se Gabinete para os Aeroportos da Região Autónoma da Madeira (GARAM).

Porque na zona de ampliação do Aeroporto de Porto Santo se situam várias parcelas de terreno cuja expropriação já fora declarada de utilidade pública pelo Governo Regional da Madeira, para fins de interesse regional, e com os respectivos processos ainda em curso na Secretaria Regional do Equipamento Social (SRES), impunha-se que, face ao novo condicionalismo criado pelo Decreto-Lei 137/86, sobre os mesmos imóveis recaísse nova declaração de utilidade pública, desta feita reportada à expropriação necessária a obras de iniciativa do Estado e em conformidade com o disposto no artigo 2.º do Decreto-Lei 171/83, de 2 de Maio.

Tal requisito ficou preenchido com a publicação no Diário da República, 2.ª série, n.º 300 (3.º suplemento), de 31 de Dezembro de 1986, do competente despacho, proferido pelo Ministro da República para a Região Autónoma da Madeira.

Mas interessa também validar expressamente todos os actos processuais praticados na sequência das anteriores declarações de utilidade pública, fazendo-se transitar para o Ministério da Defesa Nacional a condução do processo de expropriação iniciado pela SRES.

Por outro lado, havendo obras promovidas pela NATO com objectivos militares, estabelece-se que os encargos com as expropriações necessárias à realização de tais obras sejam suportados por verbas expecificamente destinadas a esse efeito e postas à disposição da Comissão Executiva de Infra-Estruturas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (CEIOTAN).

Por último, pretendendo-se simplificar o processo expropriativo e imprimir maior celeridade no pagamento das indemnizações, tendo em vista uma rápida satisfação dos problemas sociais que as expropriações em meios rurais sempre acarretam, introduzem-se, com essa finalidade, algumas normas especiais neste diploma, a exemplo da legislação que regulou as expropriações para o Aeroporto de Santa Catarina.

Nestes termos:
Ouvido o Governo Regional da Madeira, o Governo decreta, nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 201.º da Constituição, o seguinte:

Artigo 1.º - 1 - Transitam para o Estado-Maior da Força Aérea (EMFA) os processos em curso na Secretaria Regional do Equipamento Social (SRES), organizados na sequência das declarações de utilidade pública, com carácter de urgência, constantes das resoluções do Conselho do Governo Regional da Madeira de 8 de Agosto de 1985 e de 20 de Março de 1986, publicadas, respectivamente, no Diário da República, 2.ª série, n.os 214 e 84, de 17 de Setembro de 1985 e de 11 de Abril de 1986.

2 - Nos processos referidos no número anterior, o EMFA assumirá todos os actos já praticados pela SRES.

Art. 2.º Em todas as expropriações previstas no presente diploma poderá o EMFA usar da faculdade conferida pelo n.º 3 do artigo 42.º do Decreto-Lei 845/76, de 11 de Dezembro, na redacção que lhe foi introduzida pelo Decreto-Lei 173/78, de 8 de Julho, independentemente do valor indemnizatório e de ter ou não havido posse administrativa.

Art. 3.º As despesas com expropriações ou com o realojamento de famílias poderão ser feitas com dispensa das formalidades legais, incluindo o visto do Tribunal de Contas.

Art. 4.º O Governo Regional da Madeira, através dos competentes serviços da SRES, bem como o GARAM, prestarão, em matéria de expropriações, toda a colaboração e o apoio técnico que forem solicitados pelo EMFA.

Art. 5.º Os encargos com as expropriações necessárias às obras promovidas pela NATO serão suportados por verbas especificamente destinadas a esse efeito e postas à disposição da Comissão de Infra-Estruturas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (CEIOTAN).

Visto e aprovado em Conselho de Ministros de 9 de Abril de 1987. - Eurico Silva Teixeira de Melo - Lino Dias Miguel - Leonardo Eugénio Ramos Ribeiro de Almeida - Miguel José Ribeiro Cadilhe - Luís Francisco Valente de Oliveira.

Promulgado em 13 de Maio de 1987.
Publique-se.
O Presidente da República, MÁRIO SOARES.
Referendado em 18 de Maio de 1987.
O Primeiro-Ministro, Aníbal António Cavaco Silva.

Anexos

  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/42222.dre.pdf .

Ligações deste documento

Este documento liga aos seguintes documentos (apenas ligações para documentos da Serie I do DR):

  • Tem documento Em vigor 1976-12-11 - Decreto-Lei 845/76 - Ministérios da Justiça e da Habitação, Urbanismo e Construção

    Aprova o Código das Expropriações.

  • Tem documento Em vigor 1978-07-08 - Decreto-Lei 173/78 - Ministério da Habitação e Obras Públicas

    Dá nova redacção ao n.º 3 do artigo 42.º do Decreto-Lei n.º 323/77, de 8 de Agosto (Código das Expropriações).

  • Tem documento Em vigor 1981-07-17 - Decreto-Lei 221/81 - Ministério das Finanças e do Plano

    Cria o Gabinete do Aeroporto de Santa Catarina.

  • Tem documento Em vigor 1983-05-02 - Decreto-Lei 171/83 - Presidência do Conselho de Ministros e Ministérios da Justiça e da Habitação, Obras Públicas e Transportes

    Transfere para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira competências em matéria de declaração de utilidade pública.

  • Tem documento Em vigor 1986-06-12 - Decreto-Lei 137/86 - Ministério do Plano e da Administração do Território

    Atribui ao Gabinete do Aeroporto de Santa Catarina (GASC) novas tarefas, passando este a designar-se Gabinete para os Aeroportos da Região Autónoma da Madeira (GARAM).

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda