Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Despacho (extrato) 7567/2018, de 9 de Agosto

Partilhar:

Sumário

Designação de Fernando Manuel de Barros Gonçalves, no cargo de adido técnico principal, para a área Social, na Embaixada de Portugal em Berlim

Texto do documento

Despacho (extrato) n.º 7567/2018

1 - Por despacho do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, de 11 de julho de 2018, nos termos do disposto na alínea c) do n.º 3 e na alínea f) do n.º 4, ambos do artigo 4.º, no n.º 1 do artigo 6.º, no n.º 1 do artigo 9.º do Decreto-Lei 127/2010, de 30 de novembro, alterado pelo Decreto-Lei 91/2011, de 26 de julho, pelo Decreto-Lei 118/2012, de 15 de junho e pelo Decreto-Lei 116/2015, de 23 de junho, e no uso das competências delegadas pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros através do disposto na alínea f) do ponto 3.2 do Despacho 8134/2017, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 181, de 19 de setembro, foi designado em regime de comissão de serviço, pelo período de três anos, Fernando Manuel de Barros Gonçalves, no cargo de adido técnico principal, para a área Social, na Embaixada de Portugal em Berlim.

2 - Para efeitos do disposto no n.º 4 do artigo 8.º do referido Decreto-Lei 127/2010, de 30 de novembro, a nota curricular do designado é publicada em anexo ao referido despacho, que produz efeitos a 10 de setembro de 2018.

ANEXO

Nota curricular

Dados Biográficos:

Fernando Manuel de Barros Gonçalves

Naturalidade - Paderne, Melgaço, distrito de Viana do Castelo;

Data de Nascimento: 23 de abril de 1963;

Habilitações Académicas:

Licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (1985);Mestre em Ecologia Aplicada pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (1995).

Experiência Profissional: Técnico superior da Administração Central do mapa de pessoal do ICNF, I. P., em 1 de outubro de 2011; adido social no Consulado-Geral de Portugal em Toronto, Canadá, em 1 de abril de 2006; adido social na Embaixada de Portugal em Otava, Canadá, em 26 de junho de 2005; Membro da Delegação Portuguesa à COP 11, sobre alterações climáticas, realizada em Montreal de 28 de novembro a 9 de dezembro de 2005; Coordenador Nacional das Áreas Protegidas de Âmbito Local, em maio de 2001; Ponto Focal do tema Integração Social do Exame à Política de Ambiente em Portugal (OCDE), em 2000; Representante da delegação portuguesa durante a 5.ª Conferência das Partes da CDB, realizada em Nairobi, Quénia, na sede da UNEP, de 15 a 26 maio de 2000, assegurando, em nome da União Europeia, o tema Participação e Sensibilização do Público; Subdiretor-geral do Instituto de Promoção Ambiental, em 1999; Diretor de Serviços da Área de Paisagem Protegida do Litoral de Esposende, em 1966; Delegado do Parque Nacional da Peneda-Gerês, em 1992; Técnico superior principal do quadro de pessoal do Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade, Ministério do Ambiente Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional, em 1991; Docente do Ensino Secundário, em fevereiro de 1986.

9 de julho de 2018. - O Diretor do Departamento Geral de Administração, Pedro Sousa e Abreu.

311532848

Anexos

  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/3428667.dre.pdf .

Ligações deste documento

Este documento liga aos seguintes documentos (apenas ligações para documentos da Serie I do DR):

  • Tem documento Em vigor 2010-11-30 - Decreto-Lei 127/2010 - Ministério dos Negócios Estrangeiros

    Aprova o regime jurídico de emprego aplicável ao pessoal especializado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

  • Tem documento Em vigor 2011-07-26 - Decreto-Lei 91/2011 - Ministério dos Negócios Estrangeiros

    Altera (primeira alteração) o Decreto-Lei n.º 127/2010, de 30 de Novembro, que aprova o regime jurídico de emprego aplicável ao pessoal especializado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

  • Tem documento Em vigor 2012-06-15 - Decreto-Lei 118/2012 - Ministério dos Negócios Estrangeiros

    Altera (segunda alteração) o Decreto-Lei 127/2010, de 30 de novembro, que aprova o regime jurídico aplicável ao pessoal especializado do Ministério dos Negócios Estrangeiros, procedendo à sua republicação, e altera (primeira alteração) o Decreto-Lei 165-B/2009, de 28 de julho, que aprova o regime jurídico aplicável ao pessoal dos centros culturais do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I. P.

  • Tem documento Em vigor 2015-06-23 - Decreto-Lei 116/2015 - Ministério dos Negócios Estrangeiros

    Procede à terceira alteração ao Decreto-Lei n.º 127/2010, de 30 de novembro, que aprova o regime jurídico aplicável ao pessoal especializado do Ministério dos Negócios Estrangeiros, introduzindo-lhe ajustamentos em matéria de provimento e comissão de serviço

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda