Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Decreto-lei 795/74, de 31 de Dezembro

Partilhar:

Sumário

Determina que as comarcas dos territórios ultramarinos de S. Tomé e Príncipe, Macau e Timor passem a pertencer ao distrito judicial de Lisboa.

Texto do documento

Decreto-Lei 795/74

de 31 de Dezembro

Tornando-se necessário ajustar a divisão judicial dos territórios ultramarinos às realidades decorrentes do processo de descolonização em curso;

Usando da faculdade conferida pelo artigo 16.º, n.º 1, 3.º, da Lei Constitucional 3/74, de 14 de Maio, o Governo decreta e eu promulgo, para valer como lei, o seguinte:

Artigo 1.º - 1. As comarcas dos territórios ultramarinos de S. Tomé e Príncipe, Macau e Timor passam a pertencer ao distrito judicial de Lisboa, ficando porém os respectivos magistrados e funcionários judiciais sujeitos aos órgãos de administração judiciária com jurisdição nesses territórios, sem prejuízo da sua subordinação hierárquica ao presidente da Relação de Lisboa e ao procurador da República junto dela, conforme os casos.

2. Os Tribunais das Relações de Luanda e de Lourenço Marques mantêm a sua actual competência relativamente aos recursos pendentes, provenientes das comarcas mencionadas no número anterior.

3. O Tribunal da Relação de Lourenço Marques remeterá, no último tríduo do mês de Maio de 1975, ao Tribunal da Relação de Lisboa, para aí prosseguirem seus termos, os recursos provenientes das comarcas de Macau e de Timor nos quais não tenha sido proferida decisão final.

Art. 2.º É revogado o n.º 5 do artigo 4.º do Decreto-Lei 311/74, de 9 de Julho.

Art. 3.º Este diploma entra em vigor no dia 1 de Janeiro de 1975.

Visto e aprovado em Conselho de Ministros. - Vasco dos Santos Gonçalves - António de Almeida Santos.

Promulgado em 31 de Dezembro de 1974.

Publique-se.

O Presidente da República, FRANCISCO DA COSTA GOMES.

Para ser publicado nos Boletins Oficiais de todos os territórios ultramarinos. - A.

Almeida Santos.

Anexos

  • Texto integral do documento: https://dre.tretas.org/pdfs/1974/12/31/plain-226151.pdf ;
  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/226151.dre.pdf .

Ligações deste documento

Este documento liga ao seguinte documento (apenas ligações para documentos da Serie I do DR):

  • Tem documento Em vigor 1974-07-09 - Decreto-Lei 311/74 - Ministério da Coordenação Interterritorial

    Adopta diversas medidas relativas à organização judiciária no ultramar.

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda