Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Decreto-lei 279/83, de 18 de Junho

Partilhar:

Sumário

Estabelece normas sobre integração de pessoal no quadro do Fundo de Abastecimento.

Texto do documento

Decreto-Lei 279/83
de 18 de Junho
Atendendo a que prestam actualmente serviço no Fundo de Abastecimento agentes em regime de prestação eventual de serviço ou de assalariamento, alguns há mais de 15 anos, no desempenho de funções correspondentes a necessidades permanentes do organismo;

Dado que o dimensionamento do quadro de pessoal daquele organismo não tem permitido adequada mobilidade vertical dos seus funcionários;

Tendo em conta que o Fundo de Abastecimento não foi objecto de qualquer reestruturação há mais de 20 anos;

Considerando a necessidade, por razões de gestão e de justiça, de salvaguardar a garantia de emprego dos agentes acima referidos e de dimensionar as perspectivas de carreira dos funcionários do Fundo:

O Governo decreta, nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 201.º da Constituição, o seguinte:

Artigo 1.º - São providos em lugares do quadro de pessoal do Fundo de Abastecimento os agentes que exerçam funções no organismo há mais de 5 anos, reportados à data da entrada em vigor do presente diploma, que satisfaçam necessidades permanentes do seu funcionamento.

Art. 2.º Os agentes referidos no artigo anterior serão providos em lugares do quadro:

a) Da mesma categoria para que foram contratados em regime de prestação eventual de serviço ou assalariados;

b) Da categoria a que correspondem as funções que efectivamente desempenham e a que corresponda a mesma letra de vencimento ou letra de vencimento imediatamente superior, quando não haja coincidência de remunerações, desde que possuam as habilitações exigidas para o ingresso na carreira, nos termos da lei geral.

Art. 3.º Os actuais funcionários do quadro de pessoal do Fundo podem ser providos em categoria correspondente às funções que efectivamente desempenham, remunerada pela mesma letra de vencimento ou por letra de vencimento imediatamente superior, quando não haja coincidência de remunerações, desde que possuam as habilitações exigidas por lei.

Art. 4.º - 1 - Para efeitos dos artigos anteriores, considera-se automaticamente alargado o actual quadro de pessoal do Fundo no caso de não haver lugares vagos das categorias em que os agentes devem ser providos.

2 - Serão abatidos, à medida que vagarem, até ao limite dos lugares criados nos termos do número anterior, os lugares correspondentes às categorias em que os agentes foram providos.

Art. 5.º Para efeitos de progressão nas carreiras, será contado todo o tempo de serviço prestado nas actuais funções pelos agentes e funcionários a que se referem os artigos 1.º e 3.º do presente diploma.

Art. 6.º Os encargos resultantes da execução do presente diploma serão suportados pelas verbas do orçamento privativo do Fundo destinadas a despesas com o pessoal permanente.

Visto e aprovado em Conselho de Ministros de 12 de Maio de 1983. - Gonçalo Pereira Ribeiro Teles - João Maurício Fernandes Salgueiro - José Manuel Meneres Sampaio Pimentel.

Promulgado em 8 de Junho de 1983.
Publique-se.
O Presidente da República, ANTÓNIO RAMALHO EANES.
Referendado em 8 de Junho de 1983.
O Primeiro-Ministro, Francisco José Pereira Pinto Balsemão.

Anexos

  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/17810.dre.pdf .

Ligações para este documento

Este documento é referido nos seguintes documentos (apenas ligações a partir de documentos da Série I do DR):

  • Tem documento Em vigor 2019-04-15 - Decreto-Lei 49/2019 - Presidência do Conselho de Ministros

    Determina a cessação de vigência de decretos-leis publicados entre os anos de 1981 e 1985

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda