Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Aviso DD395/81, de 31 de Dezembro

Partilhar:

Sumário

Torna público o Acordo Especial por Troca de Notas entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República Federal da Alemanha sobre o projecto «Fomento de Desenvolvimento Agrícola da Região do Funcho».

Texto do documento

Aviso

Por ordem superior se torna público que foi concluído em Lisboa, em 3 de Dezembro de 1981, o Acordo Especial por Troca de Notas entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República Federal da Alemanha sobre o projecto «Fomento de Desenvolvimento Agrícola da Região do Funcho», cujo texto em português e alemão acompanha o presente aviso.

Direcção-Geral dos Negócios Económicos, 10 de Dezembro de 1981. - O Adjunto do Director-Geral, Luís José de Oliveira Nunes.

Lisboa, 3 de Dezembro de 1981.

A S. Ex.ª o Sr. Jesco von Puttkamer, Embaixador da República Federal da Alemanha, Lisboa.

Excelência, Tenho a honar de acusar a recepção da nota de V. Ex.ª, datada de 25 de Novembro de 1981, em que, em referência à Acta das Negociações Intergovernamentais, realizadas de 24 de Março a 2 de Abril de 1980, em Lisboa, e à nota EEA 2320 - 42/RFA/2.9, de 20 de Julho de 1979, bem como em execução do Acordo sobre Cooperação Técnica, assinado em 9 de Junho de 1980 entre os nossos 2 Governos, me propõe, em nome do Governo da República Federal da Alemanha, o seguinte Acordo Especial sobre o projecto «Fomento do Desenvolvimento Agrícola da Região do Funcho»:

1 - O Governo da República Federal da Alemanha e o Governo da República Portuguesa fomentarão conjuntamente o desenvolvimento da agricultura na região do Funcho, no Algarve. O projecto visa incrementar a produção agrícola, elevar os rendimentos das empresas agrícolas e apoiar o desenvolvimento agrícola regional.

2 - Contribuições do Governo da República Federal da Alemanha:

1) Enviará:

a) Um engenheiro agrónomo diplomado, especializado em produção vegetal ou técnica cultural com conhecimentos e experiência no domínio da irrigação experimental, pelo prazo limite de 36 homens/mês;

b) Técnicos a curto prazo de diversos ramos para o solucionamento de tarefas específicas, pelo prazo total de 24 homens/mês.

O total de homens/mês indicado para os técnicos a curto prazo abrange períodos de trabalhos conexos na República Federal da Alemanha anteriores e posteriores à sua actuação. Os necessários ramos de especialização e os períodos de actuação dos técnicos a curto prazo serão determinados conjuntamente pelo chefe português do projecto e pelo técnico alemão a longo prazo, de acordo com as necessidades e o andamento do projecto.

Dentro do total de homens/mês, previsto para os técnicos a curto prazo, será também prestado dentro do projecto assessoramento científico na concepção dos perímetros piloto e total e no domínio da irrigação experimental (backstopping).

2) Fornecerá os seguintes equipamentos e bens de consumo até ao montante total de 520000 marcos:

Veículos;

Tractores;

Máquinas e utensílios para a preparação do solo;

Máquinas e utensílios para trabalhos culturais e de colheita;

Material para rega por aspersão, material para rega por gotejamento;

Estação meteorológica;

Aparelhos de laboratório;

Equipamento simples de escritório, demais material de consumo e material miúdo.

A escolha dos equipamentos e bens de consumo a fornecer será feita conjuntamente pelo chefe português do projecto e pelos técnicos alemães.

3) Proporcionará fora do projecto, na República Federal da Alemanha ou em terceiros países, estágios de aperfeiçoamento a técnicos portugueses, por um período total de 24 homens/mês. Terminado o estágio, os técnicos portugueses deverão actuar no projecto. A escolha dos técnicos será feita pelo chefe português do projecto em colaboração com o técnico alemão a longo prazo.

3 - Contribuições do Governo da República Portuguesa:

1:

a) Facultará a expensas suas, para a implementação do projecto, um número suficiente de técnicos qualificados, nomeadamente:

11 engenheiros agrónomos diplomados;

11 técnicos agrários;

1 engenheiro diplomado (especializado em hidráulica e irrigação);

b) Facultará, a expensas suas, para a implementação do projecto, um número suficiente de auxiliares.

2):

a) Facultará, a expensas suas, um terreno de, aproximadamente, 12 ha na estação experimental de Lameira, dotando-o de uma infra-estrutura completa;

b) Erguerá os edifícios necessários ao funcionamento da estação (escritórios, laboratórios e depósitos, bem como garagens);

c) Custeará as despesas da aquisição das peças de equipamento para a estação, que não sejam fornecidas pelo Governo da República Federal da Alemanha;

d) Encarregar-se-á do abastecimento gratuito da estação com electricidade e água;

e) Custeará todas as despesas de funcionamento e manutenção da estação, incluindo os meios de produção agrícola, material de escritório e demais bens de consumo;

f) Custeará as despesas de funcionamento e manutenção de todos os veículos, máquinas e aparelhos utilizados no projecto.

3):

a) Tomará medidas para assegurar que sejam executadas todas as prestações necessárias à implementação do projecto, desde que delas não se tiver incumbido o Governo da República Federal da Alemanha nos termos do presente Acordo Especial;

b) Permitirá que os técnicos enviados participem em seminários e congressos;

c) Designará técnicos portugueses idóneos para a formação e o aperfeiçoamento de acordo com o n.º 2, parágrafo 3, possibilitando-lhes a participação nesses estágios.

Tomará providências para que estes técnicos, após a conclusão do seu estágio, actuem no âmbito do projecto.

4) Autorizará o envio ao projecto de até 2 jovens técnicos alemães, na qualidade de assistentes do projecto, pelo prazo de 1 ano cada um.

4 - O técnico enviado executará em cooperação com os colaboradores portugueses do projecto as seguintes tarefas:

Na estação experimental e no perímetro piloto: planificação, execução e avaliação de ensaios com ênfase nos seguintes sectores:

Utilização do solo;

Física e química do solo;

Variedades;

Métodos de produção;

Necessidade de irrigação;

Processos de irrigação;

Técnicas de irrigação;

Preparação do solo;

Melhoria do solo;

Drenagem;

Adubamento;

Fitossanitários.

5:

1) O Governo da República Federal da Alemanha encarregará da execução das suas contribuições a «Deutsche Gesellschaft für Technische Zusammenarbeit (GTZ) GmbH» (Sociedade Alemã de Cooperação Técnica), Dag-Hammarskjöeld-Weg 1, em D-6236 Eschborn 1;

2) O Governo da República Portuguesa encarregará da implementação do projecto a Direcção-Geral de Hidrálica e Engenharia Agrícola do Ministério da Agricultura, Comércio e Pescas;

3) Os órgãos encarregados nos termos dos parágrafos 1 e 2 poderão determinar conjuntamente pormenores relativos à implementação do projecto num plano operacional ou de outra forma adequada e adaptá-los, caso necessário, ao estado de implementação do projecto.

6 - De resto, aplicar-se-ão também ao presente Acordo Especial as disposições do acima mencionado Acordo de 9 de Junho de 1980, inclusive a cláusula de Berlim (artigo 7).

Em conformidade com a proposta de V. Ex.ª, tenho a honra de informar que o Governo da República Portuguesa concorda com as propostas contidas nos n.os 1 a 6 e que a nota de V. Ex.ª e esta de resposta constituam o Acordo entre os nossos 2 Governos na matéria a entrar em vigor na data de hoje.

Permita-me, Sr. Embaixador, apresentar a V. Ex.ª os protestos da minha mais elevada consideração.

Leonardo Charles Zaffini Duarte Mathias.

(ver documento original)

Anexos

  • Texto integral do documento: https://dre.tretas.org/pdfs/1981/12/31/plain-624.pdf ;
  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/624.dre.pdf .

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Atenção

Tendo em conta a melhoria do site oficial do DRE, tenho de ponderar a continuação deste site no futuro. Vou tentar fazer rapidamente um post com os prós e contras da manutenção deste site de modo a dar aos utilizadores uma forma de expressarem a sua opinião sobre este assunto.

Como a adaptação do software para obter o texto dos documentos a partir do novo site do dre é trivial, já estamos neste momento a actualizar a base de dados.

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda