Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda

Edital 88/2015, de 2 de Fevereiro

Partilhar:

Sumário

Abertura de concurso documental, pelo prazo de 30 dias úteis, a contar do dia imediato ao da publicação deste Edital no D. R., para recrutamento de 1 posto de trabalho de Professor Auxiliar na área disciplinar de Ciências Musicais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas desta Universidade

Texto do documento

Edital 88/2015

Nos termos do artigo 39.º do Estatuto da Carreira Docente Universitária, aprovado pelo Decreto-Lei 448/79, de 13 de novembro, com a nova redação introduzida pelo Decreto-Lei 205/2009, de 31 de agosto, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 168, de 31/08/2009, o Reitor da Universidade Nova de Lisboa, Prof. Doutor António Manuel Bensabat Rendas, por despacho de trinta e um de outubro de dois mil e catorze, faz saber que está aberto concurso documental, pelo prazo de 30 dias úteis, a contar do dia imediato ao da publicação deste Edital no D. R., para recrutamento de 1 posto de trabalho de Professor Auxiliar na área disciplinar de Ciências Musicais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas desta Universidade.

O presente concurso é documental, tem caráter internacional e rege-se pelas disposições constantes dos artigos 37.º e seguintes do referido Estatuto.

I - Em conformidade com o que determina o citado Estatuto, são requisitos para a candidatura ao concurso em apreço, nos termos do art.º 41.º-A:

a) Ser titular do grau de doutor.

Os candidatos deverão ser detentores do grau de doutor em Ciências Musicais, dando-se preferência a candidatos com curriculum relevante em Sociologia da Música e ou Dramaturgia Musical e dominar a língua portuguesa ou inglesa falada e escrita.

II - Os candidatos apresentarão os seus requerimentos de preferência em suporte digital, presencialmente na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, sita no Campus de Campolide, 1099-085 - Lisboa, ou por via postal, em formulário disponível no Núcleo de Concursos e Provas Académicas e on-line.

O processo de candidatura deverá ser instruído com a documentação a seguir indicada:

a) Documentos comprovativos do preenchimento dos requisitos exigidos no número I;

b) 8 exemplares em suporte digital (CD/pen) do curriculum do candidato e de cada um dos trabalhos nele mencionados, impressos ou em suporte digital (CD/pen);

c) 8 exemplares em suporte digital (CD/pen) do plano de desenvolvimento de carreira, que ateste o potencial do candidato para a docência, grau de internacionalização da sua investigação e capacidade de financiamento competitivo para a investigação.

Os documentos comprovativos da posse dos requisitos gerais de recrutamento em funções públicas, podem ser substituídos por declaração prestada no requerimento/formulário, disponível na Divisão de Concursos e Provas Académicas da Reitoria da UNL e on-line.

Os candidatos deverão entregar, dentro do prazo supramencionado os seus requerimentos/formulários instruídos com os documentos mencionados neste Aviso de Abertura.

III - Os critérios, indicadores e ponderações, com vista à avaliação e seriação dos candidatos, aprovados pelo júri, são os seguintes:

A - Avaliação da componente científica do curriculum de cada candidato - 55 %

1 - Publicação de Livros e Artigos Científicos publicados em revistas da especialidade, com arbitragem científica (0-25);

2 - Participação em projetos de Investigação, avaliados por entidades competentes, nacionais ou internacionais e com impacto relevante na área do concurso(0-10);

3 - Co-orientações de teses (2.os e 3.os Ciclos) e de outras componentes não curriculares dos 2.os ciclos (relatórios de estágio e trabalhos de projeto - (0-10);

4 - Comunicações apresentadas em Congressos e Colóquios Científicos e outra atividade científica relevante (Prémios, Bolsas, Integração de órgãos científicos, unidades de investigação, órgãos editoriais - (0-10).

B - Avaliação da componente Pedagógica (20 %):

1 - Experiência de ensino na área disciplinar do concurso (0-10);

2 - Qualidade do material pedagógico apresentado (planos de aulas, materiais didáticos, bibliografia) e outras atividades pedagógicas relevantes para até três unidades curriculares na área do concurso - 0-10);

C - Plano de Desenvolvimento da Carreira - (20 %)

1 - Demonstração de potencial para a docência, incluindo a dimensão internacional em várias disciplinas da área científica (0-7)

2 - Plano de desenvolvimento da investigação e internacionalização (0-7);

3 - Plano de recrutamento de financiamento competitivo para a investigação, incluindo a dimensão internacional (0-6)

D - Outras atividades relevantes (5 %)

IV - O júri tem a seguinte constituição:

Presidente: Prof. Doutor João de Deus Santos Sàágua, Vice-Reitor da Universidade Nova de Lisboa, por delegação de competências (Despacho 12248/2014, D.R., 2.ª n.º 191, de 3 de outubro de 2014).

Vogais: Doutor Andreas Georg Stascheit, Professor Catedrático do Institute of Music and Musicology da Dortmund University of Technology;

Doutor Antonio Martin Moreno, Professor Catedrático da Universidade de Granada;

Doutor Julio Arce Bueno, Professor titular da Universidade Complutense de Madrid;

Doutora Salwa El-Shawan Castelo-Branco, Professora Catedrática da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa;

Doutor Mário António Vieira de Carvalho, Professor Catedrático jubilado da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

V - Avaliação das candidaturas:

1 - Terminado o prazo das candidaturas, reúne-se o júri para avaliação e ordenação dos candidatos. No caso de haver exclusão de algum dos candidatos, proceder-se-á à audiência prévia, nos termos do artigo 100.º e seguintes do Código do Procedimento Administrativo.

2 - Apreciadas as respostas dos candidatos excluídos e após a respetiva deliberação, ou no caso da admissão da totalidade dos candidatos, o júri procederá à avaliação e ordenação dos mesmos, à luz dos critérios mencionados no número III.

VI -Em cumprimento da alínea h) do art.º 9.º da Constituição, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação.

E para constar se lavrou o presente Edital.

16 de janeiro de 2015. - O Reitor, Prof. Doutor António Manuel Bensabat Rendas.

208375728

Anexos

  • Extracto do Diário da República original: https://dre.tretas.org/dre/327201.dre.pdf .

Ligações deste documento

Este documento liga aos seguintes documentos (apenas ligações para documentos da Serie I do DR):

  • Tem documento Em vigor 1979-11-13 - Decreto-Lei 448/79 - Ministério da Educação

    Aprova o estatuto da carreira docente universitária.

  • Tem documento Em vigor 2009-08-31 - Decreto-Lei 205/2009 - Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

    Altera o Estatuto da Carreira Docente Universitária, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 448/79, de 13 de Novembro, e procede à sua republicação.

Aviso

NOTA IMPORTANTE - a consulta deste documento não substitui a leitura do Diário da República correspondente. Não nos responsabilizamos por quaisquer incorrecções produzidas na transcrição do original para este formato.

O URL desta página é:

Clínica Internacional de Campo de Ourique
Pub

Outros Sites

Visite os nossos laboratórios, onde desenvolvemos pequenas aplicações que podem ser úteis:


Simulador de Parlamento


Desvalorização da Moeda